Portal da escrita

Início » Notícias » Concurso de Minicontos – Contos Vencedores

Concurso de Minicontos – Contos Vencedores

1º lugar – Mónica Barroso Reis Simão

As Flores da Vizinha

Separadas por um caminho de pedra, existiam duas casas, com as portas viradas de frente uma para a outra.

Ambas tinham uma janela quadrada e, por debaixo desta, um canteiro com flores. Uma das casas tinha lavanda; a outra, rosas cor de rosa.

A proprietária da lavanda, por vezes punha-se à janela, com a bochecha enterrada no punho, a contemplar as rosas da vizinha. Eram tão belas que decerto qualquer pintor as desejaria pintar, qualquer donzela as adoraria usar no cabelo e qualquer criança as quereria cheirar.

É certo que a jovem da lavanda tinha muitos apreciadores das suas flores. Pediam-nas para perfumar a casa e para as por debaixo da almofada. E ela oferecia-as de bom grado.

Mas o que queria mesmo era tocar e cheirar uma daquelas rosas.

Foi numa noite que decidiu agir. Saiu de casa, envolta pela brisa fresca, e aproximou-se da casa vizinha para colher uma rosa.

De cócoras, cortou o caule e levou as pétalas ao nariz. Riu. Não é que as rosas, que eram tão perfeitas, não cheiravam a nada?

2º lugar – Ivan Nery Cardoso

Contato: Contos do Cardoso

Casal Centenário

— Marta! Este ano eu quero comemorar meu aniversário — Antônio declarou, quebrando o silêncio e a melancolia da tarde de domingo.

— Que é isso, Antônio? Tu nunca comemora aniversário! Que que te deu pra querer agora, do nada? — Marta deixou a louça do almoço de lado, secou as mãos e foi ao encontro do marido, sentado no sofá com os olhos doídos de tentar ler o jornal sem os óculos.

— É que este ano é diferente. Eu quero celebrar, quero os amigos todos aqui, quero reunir a família.

— Que maravilha! Faz anos que eu venho tentando te dar uma festa!

Antônio abriu sua fiel agenda de telefones. Um a um, percorreu os nomes de Abílio a Zulmira, riscando os já falecidos. Ao fim da última ligação, disse a Marta que não haveria mais festa.

— Por que, homem? — Ela perguntou.

— Não quero! Apenas não quero! — Ele disparou irritado para o quarto.

Marta foi até a agenda que estava ao lado do telefone, com um lápis em cima. Abriu-a e viu que Antônio tivera de riscar todos os nomes.

 

Anúncios

1 Comentário

  1. […] de Minicontos – “Jovens Escritores, Grandes Histórias”, realizado pelo site Portal da Escrita, do qual fui um dos finalistas com o conto “Casal centenário”. Segue abaixo o texto na […]

    Curtir

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: