Portal da escrita

Início » Crônicas » Perdendo o medo de escrever

Perdendo o medo de escrever

perdendo o medo

Para organizar e estruturar um texto é necessário que sigamos uma sequência simples e que tecnicamente dá certo: Introdução, desenvolvimento e conclusão. Precisamos nos atentar para os comentários com exatidão e o foco pretendido deve estar em nossa mente. O espaço que temos para descrever nossas opiniões precisa ser registrado num papel. Crie o hábito de leitura e escrita.

Você será o manipulador da noticia, dono dos argumentos e somente você tem autonomia para delinear o seu texto. Você precisa verificar seu vocabulário e lembrar sempre que está fazendo um relato na escrita e não conversando com um colega.

A primeira linha é sempre desafiante. Imaginemos escrever, pensamos nas ideias, mas o grande desafio está na introdução. O modo de principiar um texto é que fará a diferença. Faça um esboço e solte a imaginação. Antes de aperfeiçoá-lo, são naturais algumas modificações e ajustes. É indispensável seguir o primeiro ponto, a grande dificuldade que poderá causar ou não impacto nos leitores e deverá mantê-lo na leitura eficaz e memorável. A introdução é o cartão de visita e precisa ser motivadora, caso contrário, causará desinteresse e não surtirá nenhum efeito quando lido. Seguindo mais adiante pense como você irá tratar tal assunto com familiaridade.

O desenvolvimento é o momento de fazer o conteúdo promover resultados significativos ao seu leitor. Tenha zelo com a sequência de fatos e comentários parciais para não gerar um descontentamento no leitor que já está envolvido com a leitura, então se arregimente de conceitos e fatos concernentes ao assunto. Pesquise com afinco outros autores ou comente paulatinamente sobre efeitos negativos e positivos, dê asas a sua imaginação!

Depois de questionar-se e fazer o leitor ter uma leitura diligente e motivadora faça o arremate com suas conclusões e fechamento do assunto trabalhado.  Conduza o seu leitor à satisfação numa leitura impactante e não o deixe esperando por algo que já noticiado, mas que o surpreenda com final jamais imaginado.

Artemise Galeno – Cronista do Portal da Escrita

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: