Portal da escrita

Início » Resenhas » Quem é você, Alasca? John Green

Quem é você, Alasca? John Green

Estreando como nossa resenhista teen, recebam Milena Pinheiro com o livro…

Título original: Looking For Alasca
Autor: John Green

Ano: 2014 (Edição nova)

Páginas:  272

Editora: Intrínseca (Edição nova) 

Olá! Eu me chamo Milena, tenho 13 anos e sou fanática por livros, séries, filmes e músicas! Sou muito extrovertida, desastrada e bem engraçada!  Espero que gostem das minhas resenhas! 😄

Resenha

John Green é o autor que mais atinge público jovem, devido a presença da  linguagem informal e ao mesmo tempo formal em suas histórias, o livro nos traz um cheirinho de adolescência, e nos faz penetrar nas aventuras de Miles e seus mais novos amigos em Culver Creek, o internato que seu pai frequentou.
Miles “Gordo” Halter é um menino fissurado por biografias e últimas palavras, e sai em busca de um grande talvez “últimas palavras de Françóis Rabelais”, este menino sai de sua medíocre vida e parte para uma vida cheia de aventuras em Culver Creek. 

Em Culver Creek conhecemos Coronel (colega de quarto do gordo) e Alasca, a menina que faz o coração de Miles Halter, bater bem mais forte.

Um ponto que nos faz mergulhar fundo no livro é o jeito de cada personagem, Coronel, por exemplo, tem a piada certa para cada momento, e é a pessoa certa para chamar de melhor amigo, definitivamente este acaba com toda a monotonia presente na vida de Gordo.

Alasca Young por outro lado acaba com o niilismo, e é a personagem mais confusa da narrativa fuma, bebe, e sonha em ter bebês, é excelente em Pré- Cálculo totalmente engraçada e bem traumatizada, muda os lugares que passa e as pessoas que conhece, apesar de nunca ser a mesma é altamente impulsiva e reflexiva. ”Como sairei deste labirinto?”, a pergunta feita por Símon Bolívar, atormenta Alasca durante toda a narrativa, e vai passar a perseguir você também.  

A contagem da história é feita por dias, divida em duas partes, Antes e Depois do acontecimento que muda tudo, e faz o enredo da história ficar cada vez melhor.

O livro é divertido na maior parte do tempo. Os trotes, o buraco do fumo, o Culver Creek são lugares inesquecíveis , há momentos de reflexão e tristeza,  segue o modelo típico de Green -garoto conhece garota que muda tudo, conhece  um amigo engraçado, um fim trágico.  È um livro que atinge suas expectativas e o faz ter relação de afeto com cada personagem. 

Um livro que vale a pena ser lido.

‘Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuva, eu era garoa e ela, um furacão.’

Minha nota é 5!

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: