Portal da escrita

Início » Podemos conversar? » Ufa! Eu sou normal. O dia em que eu descobri o que era “multipotencialidade”

Ufa! Eu sou normal. O dia em que eu descobri o que era “multipotencialidade”

lightbulbs-1875257_640

Passei a minha vida toda ouvindo três frases distintas, a primeira “você não sabe mesmo o que quer da vida”. A segunda “Nossa! Mas você faz coisas demais”. E a última “Você nunca termina nada não?”.

Bom, no contexto geral, a única afirmação mais positiva dessas três, é a segunda, porém, muitas vezes ele pode vir carregada de uma boa dose de crítica. A questão, é que eu sempre tive interesse por MUITAS coisas, e nunca vi qual era o problema disso, até que alguém me falou que eu deveria ESCOLHER apenas uma profissão.

Mas como escolher quando tudo o que você quer é ser uma médica que cria histórias enquanto dança ballet em uma nave espacial? Difícil não?! E foi assim que eu passei boa parte da minha vida, sem conseguir escolher.

Quando fiz dezoito anos, prestei o Enem (a prova que ainda tinha 63 questões, admito! E não ouse me chamar de velha, só tenho 27 ano, rs) e fui muito bem, obrigada! Só que na hora de escolher um curso… escolhi pedagogia, e depois fiquei me perguntando: por quê? Comecei o curso, mas… saí logo no primeiro trimestre.

Nesse mesmo ano, passei em um concurso público e comecei a trabalhar em uma escola na área administrativa. O problema, tanto da pedagogia, quanto do trabalho todo certinho, com horário fixo e essas coisas, é que nenhum deles me motivava. Não era desafiador para mim.

Trabalhei por mais alguns anos nessa área e admito, não aguentava mais! Meu nível de estresse era altíssimo e meu corpo inteiro doía demais, sem falar na energia que era praticamente nula.

Decidi então, prestar o Enem mais uma vez (agora já era a prova de 180 questões… hahaha), fui muito bem, fiquei super feliz com o resultado, (para quem não tinha estudado nada lógico) e na hora de escolher o curso vi que a minha nota dava para um montão deles, mas precisava escolher, então escolhi: pedagogia. Mas que raio, eu só escolho esse curso! Foi o que pensei alguns dias depois. Óbvio que também não fiquei muito tempo nele, um semestre dessa vez.

O tempo passava e eu precisava tomar uma decisão, mas precisava ser uma escolha consciente agora. Pensei muito, muito mesmo. Procurei livros e artigos na internet que pudessem me ajudar e enfim, decidi, faria medicina. Que alívio! Saí também do meu cargo como funcionária pública e fui me dedicar aos estudos, que duraram… quatro meses.

Falei sobre isso nesse post.

Calma! Dessa vez eu não desisti não, mas tive uma ideia muito boa para um livro, que me levou a criar um blog, que me levou a escrever como ghost writer, que me levou a editar livros e a lançar novos talentos, que também me levou a aprender mais sobre como fazer capas e diagramação, e também sobre marketing e redação para web e sobre marketing para escritores e muitas outras coisas, até mesmo para uma ideia que tive hoje, uma coluna no blog com dicas para os vestibulandos, mas com uma ajudinha a mais, quero que nossos posts e artigos, falem mais do que simplesmente como escrever uma redação nota mil, mas das dores de ser um vestibulando que ainda não decidiu o que quer ser. Que fale dos dilemas que ele enfrenta. E que mostre que ter dúvidas ou querer ser mais do que apenas uma coisa, pode ser bom.

Essa semana, eu descobri o porquê de querer tantas coisas, descobri também, que não tinha problema nenhum nisso. Descobri que eu (assim como muitas outras pessoas) sou apenas um pessoa: multipotencial.

Saiba o que é isso aqui.

Ah! Você deve estar se perguntando: e a medicina, vai fazer ou não?

Farei algum dia, com certeza! Quando? Isso eu ainda não sei.

Anúncios

1 Comentário

  1. assomar disse:

    Sensacional! Me sinto assim em diversas situações.. mas ainda to na fase do serviço público enquanto tento ir pra área de marketing de conteúdo. Um dia chego lá! Parabéns pelo controle psicológico e pela coragem de se posicionar nas decisões! Ótimo texto.

    Curtir

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: