Portal da escrita

Início » Resenhas » Suzy e as águas-vivas – Ali Benjamin

Suzy e as águas-vivas – Ali Benjamin

Suzy e as águas-vivas é uma história infanto-juvenil tocante, rica e, acima de tudo, apaixonante que gira em torno do modo como Suzy, uma menina de doze anos, irá lidar com a notícia da morte de Franny, a melhor amiga de infância com a qual ela se encontrava rompida. É uma história sobre perda e aceitação, claro, mas também sobre muitas outras coisas e que, principalmente, cumpre belamente o que promete desde suas primeiras páginas.

Um dos aspectos mais interessantes do modo como Benjamin constrói sua narrativa é a forma que ela utiliza o método científico, conforme ensinado a Suzy por sua professora de Ciências, também como método para lidar com o trauma da perda e com os sentimentos conflitantes que Suzy tinha pela ex-melhor amiga e que, até então, estavam parcialmente adormecidos.

Ali Benjamin consegue, com muita delicadeza e respeito, tratar de um assunto complicado e, para muitos, pesado, de uma maneira muito leve e positiva, nos trazendo uma mensagem final de uma espécie de esperança realista. Suzy e as águas-vivas encontra certa harmonia, assim, entre o fatalismo e o otimismo, entre a dor e a alegria, entre a tristeza mais profunda e a beleza mais simples.

Maíra Protasio

Escritora e mestranda em Filosofia da Arte, vive desde sempre entre livros e cadernos. Vem publicando desde 2014 resenhas de suas leituras em seu blog: doquetenholido.wordpress.com

Anúncios

1 Comentário

  1. gulliver1975 disse:

    Republicou isso em Portal da escrita.

    Curtir

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: