Portal da escrita

Início » Crônicas » Simplicidade Empírica

Simplicidade Empírica

cronicas

Por Danillo Camargo

Seguia o Filósofo ignorante

Carregando suas ideias sobre um jegue

Seguia pelos interiores

Atravessando montanhas para além de si

Convencendo a todos de suas dádivas

Enquanto, todos se convenciam de seus devaneios

Pobre filósofo, não conhecia os gregos

Os ingleses, os arianos, os franceses

Só conhecia suas vivências e sentimentos

Era a sabedoria que seu corpo carregava na pele

Tão pouco a aprender

Tão pouco a ensinar

Seu sustento era o ensinamento de compadre Cícero

‘’ Amai vos uns aos outros ‘’

Não leu Bíblia nem livro das ciências

Analfabeto de saberes

Doutorando em sentires

Transmudou os dizeres do compadre a sua maneira

“Amai vos uns aos outros feitos bem-casado”

Trazia consigo a filosofia da saciedade

Saciando a todos os apetites famintos

Ah! filósofo, se soubesse quantos satisfez pelo estômago

Não acabaria com a fome do mundo

Mas sim, com a da alma…


Danillo Camargo, escritor de boteco, bacharel em direito, apaixonado por literatura e por café, descobriu o prazer da leitura de maneira tardia, mas foi amor a primeira vista. Acredita que todos são poetas por natureza e que se deve provocar o mundo com a essência das palavras.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: